Diário da Mãe

Páscoa (em mais um ano) diferente!

Não sei se alguma vez já comentei convosco mas, cá em casa eu sou católica e o António é ateu. Por isso, no que diz respeito a celebrações religiosas para ele conta apenas o convívio com a família mas para mim é um bocadinho mais do que isso.

Em toda a Quaresma (para quem não sabe são os 40 dias compreendidos entre a 4ªf de cinzas logo após ao Carnaval e a Páscoa) não como carne às sextas-feiras e tento renunciar a algo que goste ou fazer algo que me custe mais, como se de um sacrifício se tratasse. Fui assim habituada desde pequenina principalmente pela minha avó e tento manter algumas das tradições.

No dia de Páscoa, era habitual irmos à terra dos meus avós e do meu pai (que é a mesma) e lá a tradição é muito mais evidente e no fundo mais bonita. Há a visita Pascal, andamos de casa em casa para beijar a cruz e pôr dois dedos de conversa e, escusado será dizer que em miúda eu adorava isto! Apesar de continuar a gostar desse ritual vejo as coisas de uma outra forma.

Aqui em Lisboa as coisas nunca foram assim e é um dia que passa mais despercebido. Tenho o hábito de ir à missa, de preparar uma refeição mais “aprimorada” para a família e pôr uma mesa mais bonitinha mas não é muito mais do que isso.

Este ano, infelizmente foi mais um ano diferente. Sem deslocações à terra, sem ir à missa (apesar de já ser permitido preferi não o fazer) e apenas com a família nuclear cá de casa. É no fundo um gosto agridoce. Por um lado estamos todos juntos e bem de saúde que é o principal, por outro lado é o querer voltar a uma normalidade que está difícil de chegar.

Esperemos que o próximo ano seja mais “normal” e que as amêndoas da Páscoa voltem a ser docinhas como sempre foram.

E desse lado, como foi o vosso dia de Páscoa? Têm por hábito celebrar ou cumprir alguma tradição?

Partilhar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.