Home

Escapadinha de fim-de-semana em Coimbra!

“Coimbra é uma lição
De sonho e tradição
O lente é uma canção
E a lua a faculdade
O livro é uma mulher
Só passa quem souber
E aprende-se a dizer saudade”

No fim-de-semana passado rumámos até Coimbra! Eu já por lá tinha passado algumas vezes, mas nunca tinha ficado hospedada. O António nunca tinha lá estado e foi ótimo para ficar a conhecer!

Coimbra é uma cidade linda, cheia de colinas, cantinhos e encantos. Equiparo um pouco o centro da cidade com a zona de Lisboa, com muitas subidas e descidas, com calçada por vezes “agreste” pelo que é essencial levar roupa e calçado confortável.

Não explorámos tudo o que a cidade nos tem para oferecer, principalmente alguns monumentos pois por questões meteorológicas não foi possível mas, fomos andando, descobrindo e tudo sem pressas, ao nosso ritmo.

Querem saber mais?

Aqui fica então o nosso “mini-roteiro”.

Primeiro que tudo, vou falar-vos sobre o Hotel onde ficámos. O Sapientia Boutique Hotel. Descrevo apenas numa palavra. Espetacular! Ficámos num apartamento com 1 quarto, Kitchenette, 1 wc e uma sala de estar. Tudo muito organizado, limpo, super bonito e elegante e, acima de tudo, muito funcional. E para quem viaja com bebés, sabe que o mais importante no fundo é o conforto e a funcionalidade. Aqui, dou nota 10! Ah, e já para não falar do Staff super querido e muito prestável! Importante também, tem estacionamento gratuito à porta!

O Hotel tem ainda uma esplanada muito agradável, onde nos foi servido um welcome drink e uns pastéis de nata como cortesia e um rooftop com uma vista de cortar a respiração sob o Mondego e o Paço das Escolas.

Dia 1

Chegámos por volta das 17h. Fizemos check-in, “esplanadámos” com o welcome drink e depois de colocarmos tudo no quarto, seguimos para um passeio a pé ali por perto.

Fomos até ao Paço das Escolas, descemos até à Estátua de D. Dinis e Escadaria Monumental, fomos pelo Aqueduto de S. Sebastião e chegámos ao Jardim Botânico da Universidade (muito bonito e romântico por sinal).

Descemos tudo até ao Rio e, valeu só pela caminhada e por alguns recantos bonitos que fomos encontrando…

Voltámos ao Hotel e jantámos no apartamento. Ultimamente quando vamos para fora, gosto de levar pelo menos uma refeição para todos já pronta e é uma forma de poupar numa refeição. Desta vez não fomos só os 3 (fomos com uma prima nossa) e partilhámos uma sopa, uma salada russa e uns folhadinhos!

Dia 2

Iniciámos a manhã com um ótimo pequeno-almoço no hotel (e que saudades já tínhamos) e seguimos até ao Portugal dos Pequenitos. Passámos lá a manhã e escusado será dizer que o Henrique adorou! Aliás, delirou! Com tanta casinha pequenina, com tanta coisa nova para explorar… foi um regalo vê-lo a saborear cada pedacinho daquele espaço. Aconselho mesmo a ir de manhã porque, mesmo a uma sexta-feira (se bem que era dia pós-feriado) estava imensa gente além de um calor abrasador logo às 10h da manhã!

Visita feita e energias gastas, chegou a hora de almoço. Almoçámos num restaurante praticamente ao lado do Portugal dos Pequenitos, chamado Cordel Maneirista. Foi uma sugestão de uma amiga e que bom que foi! Além da comida ser muito boa (tem pratos tradicionais e hambúrgueres artesanais) a funcionária era super simpática e com imenso jeito para brincar com o Henrique!

Depois da barriguinha cheia, saímos de Coimbra e fomos até à Mata do Bussaco. São uns 40 minutos de caminho mas serviu para o baby fazer uma sestinha e ficar logo mais bem-disposto.

Para entrar na Mata com o carro pagam-se 5€ e pode-se entrar e sair as vezes que se quiser. Nós como já chegámos perto das 16h, acabámos por não sair de lá e visitámos apenas o Convento de Santa Cruz, o Palace Hotel e o jardim exterior. Ali tudo parece mágico. Aquela arquitetura de ficar a olhar para todos os pormenores tempos infinitos… Valeu imenso a pena!

O único contra… Estava imenso calor (quase irrespirável), comemos um gelado por lá (o 1º gelado do Henrique) e seguimos novamente até Coimbra.

Jantámos no Hotel (mais uma vez nada a dizer e comida deliciosa) e fomos descansar (enquanto o António ficou no quarto com o baby ainda fui mais a prima, de pijama, ao rooftop para ver a beleza da cidade à noite)!

Dia 3

Último dia, com chuva e trovoadas para a despedida!

Depois de tomarmos o pequeno-almoço e fazermos o check-out, demos um passeio de carro e ainda fomos ao Miradouro do Penedo da Saudade. Tem uma vista bonita para a cidade mas nada de uauuu! Descemos para ir à ponte pedonal Pedro e Inês mas… estava uma bela de uma chuva por isso, seguimos viagem e parámos em Tomar. Não vos digo nem vos conto a caloraça que apanhámos lá! 40ºC à sombra (estou a exagerar mas acreditem, era o que o meu corpo sentia). Demos uma volta no Jardim do Rio Nabão e fomos almoçar. Comemos no restaurante Beira-Rio e mais uma vez, nada a apontar! Comida boa e digo-vos…dos melhores risotos que comi na vida!

Barriguinha cheia mais uma vez e…Hora de regressar a casa e voltar à rotina normal!

Deixo-vos com uma pequena galeria do nosso fim-de-semana. Espero que gostem!

Soube-nos super bem a todos! Apanhar novos ares, sair da rotina, embrulharmo-nos uns nos outros novamente… É tão mas tão bom!

Desejosos por outra saída em família! Mas enquanto esse dia não chega, vamos lá voltar ao trabalho que estas próximas semanas vão ser bem mais intensas (e eu adoro)!

Partilhar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.