Fisioterapia materno-infantil

É normal perder urina?

A incontinência urinária está muito associada ao pós parto, e é ainda durante a gravidez que a mulher é bombardeada com inúmeros exercícios e até aparelhos para prevenir de alguma forma a perda de urina. Na maioria das vezes sem consultar apoio especializado de um fisioterapeuta. 

A incontinência urinária é a perda involuntária de urina, e pode ser ocasional (ou sempre) que espirra ou tosse (por exemplo) – incontinência urinária ao esforço – de urgência (incontinência urinária de urgência) ou uma combinação de ambas – incontinência urinária mista. 

Infelizmente a mulher percepciona a perda de urina como algo normal e inevitável associado à gravidez e ao parto, muitas vezes descrevendo os seus problemas como secundários à saúde e bem-estar do seu bebé. 

É bastante comum ouvir em sessão: “Por vezes perco xixi quando espirro se estou aflita. Mas penso que seja normal pois fui mãe há 1 mês.” Ou “Com o peso do bebé na minha bexiga percebo que perco urina quando me levanto de uma cadeira, ou do sofá.” NÃO É NORMAL PERDER XIXI! Seja porque foi mãe há pouco tempo, ou porque está na reta final da gravidez. 

Agora vamos a factos… 30% das mulheres experienciam perda urinária após o parto.  

Quanto aos fatores de risco, não é raro ouvir a associação do parto vaginal como um fator de risco para incontinência urinária pós parto. Mas segundo a evidência mais recente a incidência e prevalência de incontinência urinária pós parto é multifatorial:

  • Índice de massa corporal elevado 
  • Idade
  • Incontinência urinária antes ou durante a gravidez
  • Parto vaginal instrumentalizado
  • Paridade

Também é importante referir que a cesariana não protege a mulher de não vir a experienciar incontinência urinária pós parto. Porquê? Existem estudos que suportam a conceção que a IU pós parto por ser sim consequência da gravidez, resultando em alterações neuromusculares e/ou perda de suporte em conjunto com alterações hormonais, e não relacionado com o parto. 

Assim, pode perguntar: estou grávida e perante estes dados o que posso fazer para prevenir a incontinência urinária após o parto?

Exercício físico adaptado às suas necessidades e com apoio especializado, com especial atenção à sua postura corporal, mobilidade e função dos músculos do pavimento pélvico. Conhecer os seus músculos do pavimento pélvico – onde se localizam, qual a sua função e importância. 

Se por acaso tem perda de urina na gravidez deve procurar ajuda profissional. A fisioterapia é um tratamento de primeira linha para a incontinência urinária. 

Se tem perda de urina e foi mãe há pouco tempo – procure ajuda da fisioterapia pélvica. Não é de todo algo inevitável ou sequer aceitável como consequência do parto. 

Lembrete de frigorífico – NÃO É NORMAL PERDER XIXI!

Para o esclarecimento de eventuais dúvidas, por favor contacte a nossa Fisioterapeuta Sofia Pires Fisio Mulher & Mãe!

Partilhar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.