Psicologia

Como lidar com comportamentos desafiantes das crianças?

Os comportamentos desafiantes podem ser pontuais e fáceis de gerir (em algumas situações). Noutros casos, estes poderão ser persistentes e intensos, interferindo de uma forma significativa na vida da criança. Quando isso ocorre, é importante atuar o mais cedo possível para diminuir a probabilidade de os comportamentos persistirem.

Tanto os pais como os profissionais de infância serão os primeiros a relatar dificuldades no comportamento da criança, tais como: bater nos colegas ou em adultos, dificuldade no cumprimento de regras, desafiar o adulto, atirar objetos, entre outros.

Por vezes, as competências emocionais (dificuldade em controlar as emoções, a frustração, seguir instruções) poderão estar na base destes problemas de comportamento em crianças com 4/5 Anos. Se estes problemas persistirem, a criança ao transitar para o 1ºCiclo poderá enfrentar dificuldades com os pares e com os adultos e mais tarde, enfrentar dificuldades académicas, prejudicando o seu desempenho.

De seguida, são enumeradas estratégias para a atuação dos problemas de comportamento:

  1. Reforçar positivamente o comportamento da criança quando este está correto. Assim, estará a focar a atenção no comportamento adequado;
  2. Utilizar o tom de voz calmo. Mesmo que às vezes pareça difícil, é necessário utilizar um tom de voz calmo e colocar-se à altura dela, porque assim a criança percebe que estão a comunicar;
  3. Falar com a criança e explique-lhe o que vai acontecer perante uma situação;
  4. Ignorar os comportamentos desadequados;
  5. Tomar uma posição firme e assertiva perante o comportamento da criança.

É expectável que, em alguma fase do desenvolvimento, a criança apresente problemas de comportamento. É necessário distinguir quando estes comportamentos ocorrem com maior frequência e intensidade, podendo interferir nos contextos onde a criança está inserida (casa, escola).

A Perturbação de Oposição e Desafio (DSM-5) caracteriza-se, por um padrão recorrente de comportamentos negativistas, hostis e desafiantes, que interferem de uma maneira significativa, com o desempenho familiar, escolar ou social da criança ou do adolescente.

Em caso de dúvida é sempre melhor procurar um especialista para poder ajudar e a despistar eventuais problemas de comportamento.

Partilhar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.