Instrumentos musicais
Diário da Mãe

A música nos nossos corações

Quem não gosta de música? Aqui em casa somos todos apaixonados por música! Seja de ouvir, de tocar, de cantar… A música existe em tudo à nossa volta. Um pássaro que canta, um carro que buzina, um garrafão com tampas que faz barulho, o bater no chão como se de um instrumento de percussão se tratasse, bater com as portas dos armários…bem, podia dar-vos inúmeros exemplos mas vamos lá parar por aqui!

E porque razão estou eu a falar-vos disto?

Porque a música faz parte da minha vida deste muito cedo. Aos 5 anos, ainda eu não andava na escola, os meus pais inscreveram-me numa escola de música pois desde muito pequenina comecei a dar sinais de que tinha aptidão e vocação para instrumentos musicais. Íamos à missa todos os domingos e quando chegávamos a casa eu ia direta para o meu órgão de brincar e começava a tocar as músicas que tinham sido cantadas nesse dia. Comecei então por aprender a teoria musical e a tocar órgão e piano. Uns anos mais tarde, por vontade minha, inscreveram-me nas aulas de acordeão. Os meus fins-de-semana, dos 5 anos até aos 17 (altura em que decidi que queria terminar) eram de aulas de música ou saraus musicais. Adorava! Era de facto uma das coisas que me fazia imensamente feliz.

Hoje estou a contar-vos isto porque, dou por mim, de forma orgulhosa, a ver o meu filho a adorar música! Na televisão só quer ouvir música (não liga nada a desenhos animados), adora tocar no órgão que ainda cá mora em casa, fica fascinado quando toco e canto para ele… Verdade seja dita, ainda ele estava na barriga e já cantava imenso para ele e desde que nasceu que o acalmava ou embalava sempre dessa forma. Não sei se será por isso ou não mas lá que ele gosta muito lá isso gosta. Com isto não quero dizer que ele irá seguir as minhas pegadas musicais. Mas é um gosto enorme vê-lo a apreciar algo que a mim também me faz tão feliz!

As nossas manhãs, e principalmente quando tomamos o pequeno-almoço, temos o hábito de ouvir música jazz e o Henrique já adora!

Sabiam que…

A música é um excelente veículo para o desenvolvimento cognitivo dos nossos bebés?

Pois é, a música contribui para o desenvolvimento psicomotor, cognitivo e linguístico, facilitando o processo de aprendizagem! Além disso, aumenta o poder de concentração e de memória e estimula o raciocínio lógico. É importante ainda apresentar ao bebé e à criança vários estilos de música e não só músicas infantis. Músicas clássicas por exemplo são óptimas para acalmar (as que têm ritmos mais lentos)!

Enquanto Terapeuta da Fala utilizo bastante a música nas minhas consultas e os mais pequenos adoram! É um óptimo material para atingir alguns objetivos.

E aí por casa, gostam de música? Sabem tocar algum instrumento? Costumam cantar para os vossos bebés?

Se não sabem tocar nenhum instrumento, nunca é tarde para aprenderem, acreditem!

Gostam de ouvir música com os vossos pequenos?
Partilhar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.