Fisioterapia materno-infantil

A importância da posição de barriga para baixo no bebé

Os pais têm sempre algum receio em colocar o seu bebé na posição de barriga para baixo, talvez por repararem que o seu bebé começa a chorar ou a “barafustar” nesta posição. E acabam por “desistir”, até porque acabam por ler que a posição de barriga para cima é a escolhida para dormir (por causa da síndrome da morte súbita) e para ter cuidado em não deixar o bebé sozinho de barriga para baixo.

Ora esta posição (também conhecida por “tummy time”) é muito importante no desenvolvimento do bebé, não só para os músculos eretores da coluna, mas também para o controlo olho-mão (tão importante para o manuseamento de objetos, e para o gatinhar por exemplo…).

Então porquê este receio? Porque é que os bebés não gostam?

Um dos erros mais comuns é a forma como colocamos o bebé de barriga para baixo, usualmente o bebé é colocado diretamente nesta posição. Mais associado ao receio da mãe ou pai leva a que o nosso bebé sinta esse desconforto e acabe por “barafustar” nesta posição, que “até a mãe não gosta nada de me colocar”.

Uma forma de minimizar é rodar o bebé da posição de barriga para cima para barriga para baixo, quase como se quiséssemos simular o rolar. Colocamos uma mão na pélvis do bebé e facilitamos o rodar, por vezes temos de os ajudar a colocar bem os braços, pois podem ficar debaixo do corpo.

Claro que bebés muito pequenos (1, 2 meses de idade) temos de dar mais apoio, e às vezes até os pôr diretamente na posição. Mas façam sem medo.

Se o seu bebé começa a chorar na posição de barriga para baixo, comece por objetivos curtos. Primeiro tente fazer o movimento de rolar para adquirir a posição, e brinque com o seu bebé, por exemplo com um brinquedo com espelho (os bebés adoram). Assim que o bebé começar a demonstrar sinais de desconforto, retire-o da posição, não deixe que ele(a) fique a chorar.

Em bebés muito pequenos (1, 2 meses) faça-o por exemplo quando está a colocar creme depois do banho, ou então ao colo sobre o nosso antebraço (excelente dica para os bebés com cólicas ou muitos gases).

Costumo dizer muitas vezes às minhas “mamãs” que a posição de barriga para baixo é uma das mais importantes na primeira infância. Nesta posição o bebé adquire força nos músculos extensores da coluna e da cabeça (permite também que olhe em seu redor), músculos extensores da anca, o controlo olho-mão, a transferência de peso para um lado e outro do seu corpo (quando vai buscar um brinquedo tem de transferir o peso do corpo para o lado contrário – muito importante para depois adquirir por exemplo o rolar e não só!).

Como dá para perceber (e não falei de tudo! Este tema dava “pano para mangas”) a aquisição da posição de barriga para baixo é extremamente importante no desenvolvimento motor (e não só!) da criança.

Se por algum motivo o seu bebé não adquire esta posição, e mesmo com estas dicas, não o consegue fazer, deve contactar um fisioterapeuta especialista em pediatria para uma avaliação.

Partilhar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.