Terapia da Fala

A importância da creche no desenvolvimento da linguagem da criança

Chegámos àquela altura do ano em que se reinicia ou inicia um novo período. O regresso ou o ingresso na creche, no pré-escolar, na escola… E muitas são as ansiedades e dúvidas a surgirem ainda para mais se é a primeira vez que o vosso pequenote irá entrar neste mundo.

Uma das dúvidas que mais me colocam enquanto Terapeuta da Fala é se os pequenos beneficiam da creche ao nível do seu desenvolvimento – neste caso da linguagem – ou, por outro lado, é dispensável para eles?

Bem, enquanto mãe diria que a entrada na creche deve acontecer quando os pais quiserem e assim o entenderem. Seja porque tem de ser ou apenas “porque sim”. E digo também que uma criança que não frequenta a creche não vai ser mais ou menos desenvolvida do que outra.

Mas, e quando a criança ainda não conseguiu desenvolver uma determinada área e precisa de outro tipo de estímulos?

Então sim, a creche irá ser um óptimo facilitador. Mas, vamo-nos focar hoje apenas no desenvolvimento da linguagem.

Para que tudo ocorra de forma harmoniosa é essencial que a criança se encontre num ambiente privilegiado e rico em experiências desde recém-nascida e isso torna-se possível através dos cuidados dos pais e de toda a interacção que beneficia no seu dia-a-dia.

Quando chega o dia de entrar na creche, este ambiente deve ser mantido com as educadoras e pessoas responsáveis pelo bem estar físico, social e mental da criança. E só assim a criança se vai sentir segura de si e das suas capacidades para poder evoluir no seu intelecto.

A criança vai aprender a relacionar-se com outras pessoas sem ser os adultos de referência, com os seus amiguinhos e vai aprender também a desenvolver um raciocínio crítico e lógico de uma forma diferente comparando ao ambiente de casa.

Já imaginaram a quantidade de jogos, brincadeiras e interações que acontecem no contexto de creche? Com os adultos, com os pares… coisas que efetivamente em casa seja com os pais, com os avós, com os tios não acontece da mesma forma.

Acredito que o ambiente da creche torna toda a comunicação mais diversificada, dinâmica e mais interessante!

Mas será a creche também a “salvadora” de todos os problemas?

Não. Claro que não. É uma ótima ajuda como já referi mas não é o remédio para todos os males. Por isso, se sentem que o vosso filho está com alguma dificuldade e ao ingressar na creche não notam evolução, peçam sem hesitar avaliação junto do profissional de saúde.

No caso específico da linguagem, não se esqueçam de pedir uma opinião / avaliação junto do Terapeuta da Fala que vos irá certamente orientar da melhor forma!

Partilhar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.